O que saber antes de viajar para o Chile

Atualizado: Mar 12

[editado em 02/06/19] Antes de viajar é sempre bom pegar dicas com que já esteve no lugar ,mas sempre levando em conta a época que a pessoa foi pois isso pode fazer toda a diferença.

Como nunca fui ao Chile, nem a Patagônia , procurei por várias dicas e resumi algumas aqui.


1.UBER

O aplciativo Uber não é totalmente legalizado, se pegar tem que ir alguém na frente . Assim que você tenta entrar o motorista grita alguma coisa em espanhol, provavelmente será para uma das pessoas ir no banco da frente. Para evitar já faça isso antes de te darem um susto. Se a policia percebe ela leva o carro, com isso lugares mais visados como aeroporto você não conseguirá chamar.

Fonte: Wix

2.Taxi

Os taxistas são como os argentinos que adoram passar a perna.Veja antes quanto daria a viagem para aquele trecho pois algumas chegam a cobrar até 5 vezes mais ! E quando você começa a argumentar eles falam super rápido já para não entender e pagar. Claro que existe exceção ;)

Fonte: Wix

3.Hotel

Os hotéis cobram um imposto de 19% que em geral você paga a mais do que aquele preço que vê quando reserva nos sites , aquelas benditas letras miúdas...

Esse imposto não é obrigatório para turista que vai ficar até um mês mas se você não lembra-los ninguém costuma falar nada e acaba pagando. Para não pagar você tem que pagar a estadia em alguma moeda forte tais como o Dólar e o Euro, nem tente em Real, alguns hotéis deixam com algum cartão internacional. Além de ter o passaporte em mãos para servir de comprovante. É sempre bom checar nas letras miúdas como é a política do hotel que vai ficar, pois alguns não dão essa restituição e outros colocam algumas regras para ela.

Fonte: Wix

4.Moeda

Como saber a moeda que levar? Um exemplo do que eu faco:

O passeio pela vinícula Concha Y Toro está $14000 pesos chilenos ou $22.99.

O câmbio em uma casa de câmbio que costumo comprar está 3,19 o dólar e 0,00650 o peso chileno, mais imposto.

$14000=91 reais e $22.99=73,34 reais. Ou seja, pagando em dólar sairia quase 20 reais mais barato nesse passeio! Além de que tem o tal imposto nos hotéis se não paga em dólar...

Hoje , está valendo mais levar dólar mas é sempre bom ter alguma moeda local em mãos. Para não ir de bolsos vazios pode trocar uma certa quantia no aeroporto de lá e o resto em casas de câmbio. E trocar dólar por peso e não real por peso!

5. Casas de câmbio

Achei esse post que te dá passa todo o mapa da mina.

Fonte:Wix

6. Sites úteis

Onde ver a velocidade dos ventos, que para eles na Patagônia é mais importante do que a chuva.

Calcular quanto de gasolina vai gastar em determinado passeio.


Fonte: Wix

7. Menores de Idade

Mesmo que viajando com um dos pais, em geral tem que ter autorização do outro para que possa viajar e se hospedar nos hotéis. É sempre bom checar o site da empresa aérea e dos hotéis para saber qual a política deles.

Fonte: Wix

Blog De Viagem | Viagens da Júlia


Veja também:

Torres del Paine

Puerto Varas - Chile

Dia da Terra

Eu só quero Chocolate !

Santiago do Chile : a nova Buenos Aires ?

© 2019 por Viagens da Júlia. Blog pessoal criado com Wix.com

  • Selo-ABBV-Blog-Associado-200-px
  • b-facebook
  • Instagram Black Round