Leste Europeu: Planejando as férias #2

Momento Preguiça


Às vezes, mesmo que eu queira muito viajar, o desanimo bate feio na minha porta. Minha vontade é só de ficar boiando em uma piscina quentinha sem pensar em nada. Mas sem planejamento, não rola . O preço de uma viagem dessa com operadora de turismo é bem salgado e ainda costuma ser bem corrido.

Fonte: Wix

Me foquei em coisas que obrigatoriamente teriam que ser feitas e que não precisava ‘pensar muito’.

Fonte: Wix

Quase comprei esse pequeno livro de bolso,rs

Seguro viagem


Como as datas do início e do fim estavam decididas , assim como o destino principal - Europa ( os seguros em geral só querem saber o continente) resolvi logo fechar meu seguro-viagem. Eu e meus pais compramos em um mesmo cartão do meu pai para facilitar as coisas mas o seguro incluído somente é válido para esposa/cônjuge e filhos ‘dependentes’.


Dica: Acabei descobrindo que a Apólice do Mastercard vale durante um ano , se nesse tempo viajar novamente não precisa emitir outra!!


Comprei pela SegurosPromo , ainda não havia comprado com eles , logo após o cadastro no site. Nele você escolhe a seguradora em si - nesse post, eu pesquisei e vi que a Assist Card tem sido uma das mais bem avaliadas - eles entram em contato com você e te ajudam a escolher o melhor tipo de plano de acordo com seu perfil. Eu estava escolhendo um que era inclusive mais caro e ela me sugeriu outro em que eu pagaria menos franquia . Usei o desconto do blog e paguei menos de 200 reais pelos 15 dias.


Obs.: Esse post não é patrocinado, eu realmente gostei da experiência mas não usei o serviço em si, para saber se de fato é bom, que é o fator mais relevante da história toda.


Menos coisa na cabeça


Com menos o seguro na cabeça, ainda me faltava a hospedagem em pelo menos mais três cidades: Praga, Viena e Berlim. E a todo momento minha mãe vinha (tive que fazer com que ela desse uma pausa) com ideias de cidades novas para fazer bate-volta ou algo do gênero.

Fonte:Wix

Pelos vídeos que andamos vendo, Berlim é a cidade com mais atrações e a mais cara, além de ser nossa última parada, com isso, resolvi fechar a acomodação dela e depois voltar a pensar nas cidades ‘do meio’ da viagem.


Berlim, diferente de Budapeste, tem preços bem salgados de Airbnb ,pelo menos nos bairros mais famosos:

  1. Mitte

  2. Tiergarten

  3. Kreuzberg

  4. . Friedrichshain

  5. Wedding

  6. Prenzlauer Berg.

Como temos alguns vouchers para usar na rede AccorHotels acabei optando por um da rede que me parecia legal, em um preço razoável (barato nesses 1 e 2 quase impossível), Mercure MOA. Acho que vamos conseguir com que saia quase de graça!



Vimos mais Vlogs dos países que queremos conhecer ( com muita preguiça) e criei um grupo no WhatsApp para facilitar a comunicação entre os participantes da viagem.

Dicas de turismo


Acabei pagando pelo serviço Premium do app Sygic (30 reais, posso dividir com meus pais e só pago uma vez) que está me ajudando a controlar as coisas da viagem e os lugares que quero visitar. Por exemplo, quando vejo em vídeos , cafés famosos em uma das cidades ou restaurante com bom custo-benefício.


Coloquei abaixo, fotos que a Carol Assaif me doou gentilmente da sua viagem em maio desse ano.

Viena

Bratislava (bate-volta de Viena)


Malas


Acho que de tudo o que comecei a ver, esse foi o que me bateu mais uma dor no bolso e resolvi só olhar e comprar depois uma mala maior. Sempre levo a dos meus pais (já meio que acabei com a deles na verdade :/ ) mas agora resolvi comprar uma nova, pegar emprestado para viagem que se muda muito de lugar pode ser furada : a chance de quebrar uma rodinha , arranhar ou extraviar é bem grande! Até fiz um post sobre malas mas a mala mesmo fica mais para frente...


Parte #1





© 2019 por Viagens da Júlia. Blog pessoal criado com Wix.com

  • Selo-ABBV-Blog-Associado-200-px
  • b-facebook
  • Instagram Black Round